Se tem uma frasezinha que detesto ouvir é “vocês, mulheres são todas iguais”. O pior é que normalmente isso vem de algum homem imerso em desespero porque foi preterido. Ninguém gosta de ser posto em segundo plano, isso é fato. O ser humano é egoísta e, normalmente egocêntrico, não gostamos e não aceitamos num primeiro momento a rejeição; partimos logo para a negação, depois achamos uma justificativa bem niveladora para não termos sido escolhidos.

Tudo bem, esta parte eu até entendo, o que eu não preciso ouvir é que somos iguais. Eu, por exemplo, sou completamente diferente do estereótipo feminino criado na cabeça dos homens. Algumas das razões eu enumero aí embaixo:

 

-Não acredito em TPM, acho que é desculpa de mulher fresca para mau humor ou para falta de sexo;

-Não gosto de receber flores, meu conceito de beleza é meio romano: há que ter uma serventia, não pode ser apenas um adorno;

-Odeio bater perna em shopping;

-Não gosto de bater DR (tradução: discutir relação)

-Detesto passar horas no salão de beleza, talvez porque tenha trabalhado em alguns, os papinhos de salão me irritam. Se pudesse, faria tudo definitivo: cabelo,unha, make-up, depilação…nunca mais colocaria meu bumbum numa cadeira de cabeleireiro mas, por enquanto meu ato libertário deste ambiente vazio é o meu depilador elétrico….

-Não leio clássicos da prolixidade como “Homens são de Marte , mulheres são de Vênus” nem “como conquistar seu homem”…isso é desespero, gente!

-Não cuido de plantinhas;

-Não gosto de calcinha no banheiro, aliás, isso me dá nojo!

-Não carrego malas imensas;

-Não gosto de bibelôs e outros artigos que juntem poeira (tenho rinite!);

-Não gosto de coluna social, acho a coisa mais inútil que já se imprimiu na história;

-Não tenho medo de barata, sou lógica, eu sou beeeeem maior que elas!

-Não sou nada chegada a conversas após o sexo, aliás, gosto mesmo é de virar para o lado e cochilar para recomeçar depois, nada de discutir metafísica depois dum orgasmo!

-Não troco de roupa milhares de vezes antes de sair, meu lema é: “se eu for, eu vou assim!”

-Não levo amiga para o banheiro num lugar público, até hoje não vi a lógica disso, se alguma mulher entender, por favor, me explique;

-Já falei que não gosto de bichos de pelúcia, até porque já passei dos 17 anos. Pra mim, nada é mais ridículo que uma mulher adulta com uma “horda” de bichanos espalhados em cima da cama.

-Não levo horas para me arrumar. Talvez porque Deus tenha sido generoso comigo, talvez porque aprendi meus pontos fortes ou talvez porque meu tempo é muito corrido e aprendi a me maquiar em 5 minutos dentro dum carro em movimento (prodigiosa a moça!);

-Não faço tipo, não espero um cara me notar, até porque, se ele não me notar, é cego! Mas na aproximação, não sei ser caçada, não sei fazer jogo, ponho as cartas na mesa logo (o que normalmente assusta os caras!). Uso nos relacionamentos a mesma filosofia da minha vida profissional: “se você buscar, será seu.”Se for preciso eu ligo, mando msg, cato e até faço plantão para encontrar a criatura (rs)- objetividade é a palavra de ordem!

-Não peço roupa emprestada à amiga para sair, sempre achei isso uó!!!

-Falo palavrão sim;

-Mando se catar numa boa, sem grilo;

-Ataco se for preciso;

-Normalmente não conto calorias;

-Não tenho vergonha de dizer que gosto de sexo;

-Não curto ficar depressiva chorando pelos cantos dias a fio (minhas tristezas são obrigadas a passar em 2 dias);

-Não pergunto ”vai doer?” para o tatuador ou para a enfermeira, encaro simplesmente.

-Não me preocupo em seguir tendências da moda, sei o que fica bacana em mim e procuro me enquadrar nisso. Nem pense em me dar um vestidinho balonê como estão usando ou aquelas sandálias horrendas cheias de tiras…

-Não tenho paciência para papinhos do tipo; a blusa que a fulaninha estava usando ontem é da loja tal, caríiiiiiissima…

-Não entro numa loja se já não tenho bem especificado o que quero na minha cabeça, não encho o saco de vendedor e não deixo que me encham também, poupemos tempo.

-Odeio foto de balada para aqueles sites que todo mundo acessa para mostrar que foi a tal lugar da moda…fujo disso;

-Não sou fútil e nem suporto futilidade;

-Não leio CARAS e também não leio horóscopo para descobrir de o signo dele combina com o meu, deixo a cargo do destino;

-Não gosto de pets;

 

Tem mais tópicos que me diferenciam, mas estes seriam da raça humana como um todo, logo, melhor não citá-los ou meu leitor poderia me enquadrar na categoria “estranha”.

Anúncios