Estou em férias criativas…há tempos não posto, não por falta de tempo nem algo do tipo. Ando sem inspiração mesmo, a vida não me tem surpreendido. Aos meus leitores, minhas desculpas pela interfase de duração indeterminada e uma boa notícia. Estou de casa nova, feliz [de uma felicidade sem êxtases ou extremos], lendo “A mulher Perdigueira” do Carpinejar e “Encontro Marcado” de Fernando Sabino para retomar a inspiração.

Enquanto isso, fica uma citação que adoro, dum escritor classificado por uma maioria como depressivo mas, antes de tudo, dono de linhas incrivelmente simples e profundas, totalmente entregue aos exercícios de escrever e de amar:

“Ou talvez eu só precise de férias, um porre e um novo amor. Eu gosto de gostos, eu gosto de pele, de cheiro, de amor verdadeiro.”

                                                                               Caio Fernando Abreu

Anúncios