Hoje, se você batesse na minha portahoje

Eu abriria

Ontem, não

Amanhã, quem sabe

Mas hoje, só por hoje

Teria amnésia das últimas semanas

Te abraçaria

Daquele jeito trôpego das suas chegadas

Te beijaria, sem saber se fecho os olhos

Sempre ansiei por te olhar

Hoje eu ia querer o ombro

O cheiro

A companhia

Hoje eu ia querer não ter que ser eu

Só hoje.

Anúncios